Links
index
message
RSS
credit


About
Diante de toda exploração, opressão e desigualdade que essa sociedade capitalista nos expõe, decidimos nadar contra corrente e não adaptar-nos. Mais do que mostrar o quanto esse sistema é falho, mostraremos que nada é impossível de mudar! Seguindo nossos ideais convidamos você a participar desta mudança, chegou a hora de romper com esse antagonismo de classes, chegou a hora de mostrar nossa indignação, de provar que o poder é do povo sim, que através da nossa união é possível construir uma sociedade justa! "Explorados de todo o mundo, unir-vos!"

juanlogy:

Cenário imperfeito, matéria bruta
Protesto de forma crua
Poesia de rua!
VIVA MAIS TRAMPE MENOS! 

ah quem dera.

1:01 am  20 notas

24hporsegundo:

"Eu sei que as vezes é foda se olhar no espelho e se amar. Todas nós alguma vez na vida vamos nos achar feia e indesejada. Muitas de nós não conseguem se encarar e encarar o próprio corpo, sem chorar ou se mutilar. Eu não te conheço, mas eu preciso que você saiba que você é linda, que é maravilhosa, que seu corpo é incrível. Você não precisa da aprovação dos outros para ser desejável. Ame-se! Eu sei que você pode. Todas nós podemos."

12:00 am  2.688 notas

11:44 pm  1.520 notas

8:01 pm  535 notas

Preta

Preta, eu sei
Eu sei que você não gostava muito de se olhar no espelho
Sei que seu cabelo era um problema
Preta, eu sei
Eu sei que a professora não tocava sua cabeça como a das outras meninas
Eu sei que você não tocava nos seus fios
Eu sei da dor que era desembaraçar
Eu sei também que vieram os apelidos
Eu sei que seu desejo era acabar com aquilo
Eu sei que nenhuma boneca sua se parecia com você
Ou nenhuma estrela de tv
Eu sei que você se achava menos bonita
Eu sei o que você fez pra escapar disso tudo
Você relaxou, não foi? Você alisou…
Você puxou, você esticou
Eu tava lá, preta… eu vi
Você se desenhou branca? Você sonhou com você tendo outro cabelo e outra pele?
Tava imposto, não tinha jeito
Você fingia ser outra pra alcançar respeito
Eu sei preta, que você se viu na outra preta que passou
Com seu cabelo solto, cheio de crespura e amor
Eu sei que você se viu

Eu sei, preta… você tem medo, né?
Você acha que seu cabelo não é digno de respeito
Você tem medo dos olhares e das reações
Mas preta, deixa eu te contar
Beleza maior em você, irá encontrar
Você nunca se sentiu completa com aquelas máscaras, não é verdade?
Você vai viver a beleza de ser você
Vai ver, vai gostar
Vai voltar pra me contar
Vem preta, solta esse cabelo
Olhe suas irmãs e veja quanto espelho
Descobriu seu poder?
Ninguém nunca mais vai te dizer
Quem você tem que ser.

Bruna de Paula.

10:13 pm  5 notas

blogueirasfeministas:

#CotasSim #NãoSigoAFolhaCampanha das Blogueiras Negras em resposta a atual campanha publicitária do jornal Folha de São Paulo que utiliza a imagem de uma mulher negra para dizer que é contra as cotas.Como diz Fabiana Moraes (http://on.fb.me/1nskQjT):É claro que tem que ser contra cota. O mundo é justo, as oportunidades são iguais para todos. Melhor ainda é mulher negra defendendo isso. São elas que estão no topo da hierarquia social, econômica, as que possuem um enorme status. Tem que ser contra mesmo, dona moça, a senhora tá certa. Só não enxerga o paraíso materializado em nossa democracia racial, na qual os salários são iguais para todos sem questões de gênero e cor para interferir, quem usa de cinismo e má fé. Esse contigente histórico de pretas e mulheres como você nas universidades tá errado. Deveriam ter entrado na porrada, como sempre foi. Tem que ser sofrido pra valer a pena e para todo mundo dizer, com o coração apaziguado pela bondade: “se esforçou e venceu, tá vendo?” Preto sofrer tá no roteiro, né? Fica bonito. Eu achava cool pra cacete andar uma hora por dia da parada de ônibus do Cais de Santa Rita até o cursinho no Especial, ida e volta, todo dia. E passava o dia com uma coxinha e um refrigerante na barriga. Mas poxa! Entrei na universidade e bingo! Era uma das duas pretas da sala com 40 alunos. Que coisa mais bonita, depois da fudição, o pódio. O pódio pelo qual o preto tem que ralar mais para subir. E se falar muito tá se vitimizando, né? É, pretos e pretas como eu às vezes são meio cegos e reclamam muito. Você tá certa, dona moça. Tem que ser contra mesmo.Mais:Editorial Cotas Sim: #NãoSigoaFolha - http://bit.ly/1vaTh8vFolha publica vídeo contra cotas raciais e feministas negras criticam campanha - http://bit.ly/1lsJ6mi

11:14 am  80 notas

8:09 pm  4.221 notas

Aceito indicações de bons filmes, tenha uma semana pra caçar!

1:56 am  1 nota

9:33 pm  8 notas

Alguém afim de me dar umas dicas, sobre como trabalhar com a tematica racial nas escolas?

Algo como uma dinâmica pra adolescentes. Anda ocorrendo varios casos de racismo dentro das classes, e me pediram um Help!

Podem me indicar leituras e coisas do tipo. Please!

8:43 pm  3 notas

s.t.